Regulamento

Regulamento

47º Festival Nacional da Canção

 

Art. 1º- DATAS E ORGANIZAÇÃO

§1º -  As fases eliminatórias serão realizadas nos dias 28 e 29 de julho em São Lourenço; 4 e 5 de agosto em Extrema; 11 e 12 de agosto em São Thomé das Letras; 25 e 26 de agosto em Coqueiral e  1 e 2 de setembro em Guapé. Em Boa Esperança acontecerão as semifinais e final nos dias 7,8 e 9 de setembro

§2º - O festival é organizado pela empresa Fenac Promoções e Eventos

Art. 2º - INSCRIÇÕES

§1º - As inscrições terminam no dia 5 de junho de 2017. Se efetuadas pelo correio não será considerada a data de postagem

§2º - Cada participante poderá inscrever quantas músicas desejar

§3º - A taxa de inscrição é de R$15,00 por música e o comprovante de depósito deverá ser anexado

§4º - As inscrições pelo correio deverão ser remetidas à Rua Belo Horizonte, 224, Jardim Andere,   CEP: 37.006-370,   Varginha - MG. Para se inscrever pela internet basta preencher a ficha de inscrição no site www.festivalnacionaldacancao.com.br e anexar os documentos, conforme parágrafo 10º deste artigo

§5º - A taxa de inscrição deverá ser paga em nome de Fenac Promoções e Eventos Ltda por depósito ou transferência eletrônica nos seguintes bancos: Caixa Econômica Federal, agência 0100, conta nº 56-4, operação 003; Banco Itaú,   agência 0802, conta 55.464-2

§6º - As composições deverão ser inéditas e originais, tanto na parte musical como nos versos. Entende-se por inédita a música não lançada por gravadora ou distribuída comercialmente em larga escala. Como original, a que não contiver plágio, adaptação ou citação poética e musical de outro autor ou compositor

§7º - Músicas já apresentadas no Fenac podem concorrer novamente, desde que não tenham recebido um dos 5 primeiros prêmios, melhor intérprete ou troféu comunicação

§8º - Somente serão consideradas músicas com a letra em português

§9º - Não existem restrições a gêneros musicais

§10º - No material de inscrição deverá constar:

a) Ficha preenchida on-line ou impressa com o nome, endereço, e-mail e telefone do(s) compositor(s) e indicação do(s) intérprete(s)

b) CD ou DVD nas inscrições pelo correio e arquivo em MP3 para as que forem efetuadas pelo site

c) Três cópias da letra para inscrições pelo correio e arquivo anexo com a letra quando efetuadas pelo site (arquivo no formato DOC)

d) Comprovante de residência - documento obrigatório para receber o prêmio de classificação

- anexado em JPEG se a inscrição for efetuada pelo site, ou xerox para as efetuadas pelo correio

e) Idêntico procedimento para o comprovante de pagamento da taxa de inscrição

f) Se houver impedimento para concorrer em determinada etapa o compositor deverá apontá-lo na inscrição. Após a seleção e o sorteio das apresentações não serão permitidas alterações

§11º - Além de letra e da melodia a interpretação será considerada na seleção das músicas. Os concorrentes deverão cuidar para que elas sejam efetuadas com a melhor qualidade possível

§12º - O material da inscrição não será devolvido

§13º - No ato da inscrição os classificados para o festival cedem ao Fenac o direito de incluir suas músicas no CD ou DVD do festival, com edição limitada a aproximadamente 100 cópias por etapa, bem como o direito de divulgação de imagem e som de suas apresentações na imprensa, internet e redes sociais

Art. 3º - SELEÇÃO E APRESENTAÇÃO

§1º- Das músicas inscritas a comissão de seleção escolherá 100 para o festival

§2º- A comissão de seleção será formada por profissionais capacitados, convidados pela comissão organizadora, com o auxílio de professores e alunos de conservatórios de música

§3º- Cada intérprete poderá apresentar, no máximo, duas músicas por etapa

§4º - Em cada cidade serão apresentadas 20 músicas – 10 por dia – e, destas, 4 irão para as semifinais em Boa Esperança, totalizando 20 semifinalistas

§5º- As passagens de som serão realizadas de 13 às 17 horas, por ordem de chegada. No credenciamento é obrigatória a apresentação de identidade com fotografia atual. Os concorrentes que não passarem o som perderão 50% da ajuda de custo

§6º - As músicas serão apresentadas a partir de 21 horas nos locais reservados pela organização

§7º - A ordem da apresentação das músicas não poderá ser alterada

§8º - Os intérpretes terão tempo limite de 5 minutos para iniciar a apresentação, com perda de pontuação se o tempo for excedido

§9º- As interpretações deverão ser executadas da forma como as músicas foram inscritas, ou seja, com o(s) mesmo(s)  cantor (es) e instrumental. Os compositores que consideram impraticável o translado com seus grupos não devem se inscrever com eles

§10º - Além da aparelhagem de som estará à disposição uma bateria

§11º- Se o intérprete não comparecer no dia da apresentação estará automaticamente desclassificado

§12º- o autor de uma música classificada para as semifinais poderá substituí-la por outra, de sua autoria, apresentada em etapa posterior, desde que a composição a ser incluída tenha recebido, do júri, avaliação, no mínimo, equivalente à anterior

§13º- O Fenac poderá incluir entre as semifinalistas até duas concorrentes bem avaliadas pela comissão de seleção (triagem) e não classificadas nas eliminatórias

§14º - As classificadas para as semifinais deverão se reapresentar nos dias 7 e 8 de setembro, em Boa Esperança. Desta forma, garantirão um prêmio mínimo de R$2.300,00 e outros R$200,00 se participarem do encontro cultural (canja) após o festival

§15º- No dia 9 de setembro serão apresentadas as 10 finalistas, que já terão garantido um prêmio mínimo de R$3.300,00. Elas receberão mais R$200,00 caso participem do encontro cultural

§16º - A ordem de apresentação das 10 finalistas será conhecida por sorteio

Art. 4º - JÚRI

§1º - A comissão julgadora será formada, na sua maioria, por músicos, compositores, críticos musicais, escritores, artistas plásticos e jornalistas, escolhidos pela comissão organizadora

§2º - Na finalíssima o público participará com o voto popular

§3º - Das decisões do júri não cabem recurso

Art. 5º - PRÊMIOS

§1º Serão distribuídos aproximadamente 200 mil em prêmios, sem dedução do imposto de renda. Os impostos deverão ser recolhidos pelos premiados

  • 1º classificado: R$ 24.000,00
  • 2º classificado: R$ 18.000,00
  • 3º classificado: R$ 12.000,00
  • 4º classificado: R$ 8.000,00
  • 5º classificado: R$ 6.000,00
  • Melhor intérprete: R$ 8.000,00
  • Música mais comunicativa: R$ 7.000,00
  • 6º ao 10º classificados: R$ 3.300,00
  • 11º ao 20º classificados: R$ 2.300,00

§2º - Prêmio classificação (ajuda de custo) nas eliminatórias:

R$500,00 para quem reside até 500 kms da cidade sede e R$700,00 para distâncias superiores

OBS: 1) Válido para concorrentes que residem a distância superior a 30kms da cidade sede

  2) O concorrente receberá mais R$100,00 se participar do intercâmbio cultural (canja) após o festival

§3º - Para receber o prêmio (ajuda de custo) para distâncias acima de 500 kms é indispensável comprovante de residência

§4º - Além da premiação em dinheiro os cinco primeiros colocados receberão troféus. Ao vencedor caberá o  troféu Lamartine Babo, o melhor intérprete receberá o troféu Sinvaldo Maia de Figueiredo e o autor da música mais comunicativa o troféu Afonso Felicori

§5º- Os prêmios de melhor intérprete, música mais comunicativa e de 1º ao 5º classificados não serão acumulados com  a premiação oferecida aos finalistas

§6º - Ajuda de custo e premiação serão pagas em cheques após cada apresentação

§7º - Nenhuma premiação será paga se a música não for apresentada na data prevista

Art. 6º - IMPEDIMENTOS

Na hipótese de ocorrência de força maior, ato de autoridade administrativa ou judicial, assim como tumultos, greves, luto oficial, convulsão social, alagamentos, obstrução das vias de transporte, atos da natureza, queda de energia, acidentes e outras fatalidades ou circunstâncias que impeçam a realização das apresentações, as músicas vencedoras serão escolhidas pela comissão julgadora utilizando as gravações enviadas na inscrição

Art. 7º - OS CASOS OMISSOS NO PRESENTE REGULAMENTO SERÃO RESOLVIDOS SOBERANAMENTE PELA COMISSÃO  ORGANIZADORA