Dos EUA para o samba: um norte-americano que se apaixonou pelos estilos musicais do Brasil

Joe Nicholson já se inscreveu no Fenac com a música “Sanha”. O norte-americano vive atualmente no Brasil. E aqui ficou conhecido por um apelido, ao fazer apresentações em vários lugares: “Gringo da Viola”. Em 2017, Joe abriu o show da cantora brasileira Maria Gadú em Boston – e foi bastante reconhecido. Em entrevista para o site “Domínio da Música”, Joe contou que começou a se interessar pelas canções ainda criança, por influência dos dois irmãos. O que começou despretensioso se tornou uma profissão e também Joe teve a possibilidade para descobrir o que realmente gostaria de fazer na vida. Ao site “Domínio da Música”, ele contou sobre a trajetória que teve:

“Minha formação musical começou por aí. Mais tarde, quando já estava no ensino médio, a professora de coro veio falar comigo dizendo que precisavam de mais meninos para cantar no coro do colégio, e no início eu tinha vergonha, mas aceitei. Fiz uma audição e fui aceito no grupo a cappella. Todos os outros integrantes já tinham experiência com harmonia, então tive que estudar para pegar o básico e conseguir acompanhar a aula. Mais tarde quando eu fui para faculdade cantei em outro grupo a cappella para poder fazer amigos, mas nunca levei tão a sério. Quando eu estava no terceiro ano da faculdade, eu fiz um intercâmbio para o Rio de Janeiro. Cheguei aqui, e logo percebi a riqueza da música brasileira, e foi aí que tudo começou a mudar. Fiquei encantado com as harmonias complexas, os ritmos que não conseguia entender, e as lindas letras que o samba e a bossa nova tem. Minha namorada, que agora é minha esposa, me comprou um cavaco e logo tentei tocar. Já de volta em Boston, fiquei frustrado com o cavaco, e decidi começar a tocar violão de novo depois de anos afastado do instrumento. Desde então eu tenho levado mais a sério. Quando comecei a fazer aulas com Philippe Lobo, comecei a sair da fase de amador e comecei a tocar melhor. Em 2017 eu tive a oportunidade de abrir shows de Maria Gadu, Jorge Aragão e Fundo de Quintal em Boston, além de fazer meus próprios shows. Eu e minha esposa percebemos que valia a pena sair de Boston e tentar nossa sorte no Rio. Ainda tem muito caminho pela frente!” – Veja a entrevista completa no link:
http://dominiodamusica.com/e-gringo-toca-samba/?fbclid=IwAR3wfTCPR7pNSly1NY5S1LcIaFbsJ0u_QuU9GoFkB9bcqI17jX_gwLcSuOw

Joe comemora a carreira. No facebook, é possível encontrar em seu perfil fotos de entrevistas a programas dos Estados Unidos.


Conheça a música de Joe:

Rainy day in Rio has me thinking about Boston…

Publicado por Joe Nicholson em Quinta-feira, 2 de agosto de 2018

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.